Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 18 de setembro de 2018. | Atualizado em 18 de março de 2019


Saber utilizar as tags em seus vídeos é essencial para otimizar o SEO do seu canal. Por indicarem o assunto de cada vídeo, elas são um fator essencial para o rankeamento realizado pelo algoritmo do YouTube. Ao longo do texto, vamos falar mais sobre elas e passar dicas para sua utilização.

De acordo com um estudo realizado pela Small Business Trends, o conteúdo em vídeo será responsável por 80% de todo o tráfego da internet em 2019.

Então, com mais de 1,9 bilhão de usuários ativos por mês e mais de 1 bilhão de horas de vídeo assistidas diariamente, não é de se espantar que o YouTube seja uma ferramenta fundamental para diversas estratégias de marketing digital.

Para que sejam eficientes, além de focar a produção de conteúdo de qualidade, essas estratégias devem contar com um esforço para a otimização de SEO. Afinal, é preciso garantir que o material seja encontrado pela persona, mesmo em meio a um mar de outras opções.

É aí que entram as tags para YouTube. Ao longo deste post, vamos explicar o que são elas e dar dicas importantíssimas sobre sua utilização. Confira!

O que são as tags para YouTube?

As tags são um fator crucial para o rankeamento de busca realizado pelo algoritmo do YouTube. São palavras ou pequenas frases que indicam o assunto, categoria e outras particularidades do seu vídeo.

Essas informações servem para que tanto o YouTube quanto o próprio Google indiquem seu vídeo aos usuários mais propensos a demonstrar interesse.

Sabe quando você termina de assistir a um vídeo e outro já começa a ser reproduzido automaticamente? Ou mesmo as opções que aparecem na barra direita, como recomendações para serem assistidas a seguir?

Essas sugestões provavelmente contam com tags relacionadas ao que você está assistindo e, por isso, são consideradas pertinentes pelo algoritmo.

Então, para que uma estratégia de marketing digital seja eficiente no uso do YouTube, é essencial escolher as tags cuidadosamente. Elas são as palavras-chave que vão levar sua persona diretamente ao seu conteúdo.

A escolha das tags certas

Tão importante quanto entender o papel das tags no SEO para YouTube é saber selecionar aquelas que têm maior potencial de trazer resultados. Para fazer isso, naturalmente, o primeiro passo é contar com uma persona bem definida e atualizada. A persona nada mais é do que um perfil semifictício do seu consumidor ideal.

Assim, é possível descobrir quais palavras-chave são mais buscadas no seu nicho de mercado. Para isso, existe uma técnica simples e gratuita: o autocompletar do YouTube.

Vá até o site, digite um termo no campo de pesquisa e observe as sugestões apresentadas. Elas representam os termos mais utilizados em buscas contendo a palavra-chave que você digitou.

Outra forma interessante de receber insight para decidir suas tags é analisar as que são utilizadas pelos seus concorrentes. Essa informação não é disponibilizada abertamente pelo site, mas pode ser acessada com alguns passos simples:

  • clique com o botão direito na página do vídeo;
  • selecione a opção “exibir código fonte da página”;
  • utilize a função “Ctrl + F”;
  • busque por “keywords”.

Além desses métodos, existem ainda programas geradores de tags para YouTube, tema que abordaremos ao longo do texto.

Como utilizá-las da melhor forma?

A importância e eficiência do SEO para o site de compartilhamento de vídeos é conhecido por quase todo profissional que trabalha com marketing digital. Tendo isso em vista, para se destacar, é essencial exercer as melhores técnicas para colocar seu planejamento em prática.

Saiba quando usar tag curta ou longa

Por mais que seja importante mesclar os dois estilos, entender a diferença do efeito causado por tags curtas ou longas é fundamental.

As tags curtas geralmente tem significado mais genérico, ou seja, maior abrangência. Por outro lado, da mesma forma que ocorre com palavras-chave long tail, os termos longos conseguem ser mais específicos, restringindo a busca e enxugando o número de resultados.

Vamos a um exemplo: imagine um vídeo-análise sobre o lançamento do iPhone XR que utilize a tag “smartphone”.

Os resultados apresentados a alguém que pesquise sobre o termo incluirão não só as análises do iPhone em questão, mas também diversos conteúdos de alguma forma relacionados a smartphones.

Ainda trabalhando no exemplo, imaginemos que foi utilizada a tag “análise iPhone XR”. 

Dessa vez, os resultados das buscas serão afunilados, de modo que todos os vídeos sugeridos sejam especificamente relacionados à avaliação do iPhone XR, excluindo outros smartphones da equação.

Para meios de otimização, o YouTube recomenda o uso de, no máximo, 120 caracteres. Geralmente, o aconselhado é que você transforme esses 120 caracteres em um número entre 6 e 8 tags.

Não se preocupe com a utilização de letra maiúscula ou acento

O algoritmo do YouTube tem a capacidade de interpretar e entender palavras, mesmo que falte um acento ou letra maiúscula.

Portanto, ao definir suas tags, não perca tempo se importando com a grafia correta de cada termo. Como sua audiência também não terá acesso a elas, saber que o YouTube consegue distingui-las já é suficiente.

Não utilize o nome de outros canais em suas tags

Usar o nome de outro canal nas suas tags na tentativa de aparecer no topo das buscas vai contra a política do YouTube, e pode gerar punições severas.

Além disso, essa prática favorece mais o rankeamento do canal citado do que o do seu próprio vídeo.

O único caso em que nomes de outros canais do YouTube podem ser usados nas tags são em vídeos que, de forma real, propõem discutir sobre eles durante o vídeo. Nesse caso, não há contraindicações.

Não coloque tags na descrição

Existe um motivo por trás da existência de espaços separados para tags e para a descrição: elas não são a mesma coisa.

A descrição deve sim falar do conteúdo das tags, mas em forma de um texto coeso e informativo. Como o nome diz, a ideia é descrever o conteúdo do vídeo, enquanto as tags devem resumir em algumas palavras o assunto, sem descrevê-lo.

Inclusive, postar descrições contendo apenas palavras-chave é uma prática considerada ilegal pelo YouTube, já que configura em uma tentativa de ludibriar o algoritmo. Sendo assim, use as tags apenas no local reservado para elas.

Não exagere

Pode ser que seu vídeo tenha um tema muito abrangente, possibilitando que diversas tags sejam utilizadas.

É importante resistir ao impulso de colocar dezenas de tags, já que isso pode confundir o algoritmo utilizado para o rankeamento. Como mencionamos, o apropriado é ficar entre 6 e 8 tags que descrevam precisamente o conteúdo.

Além do mais, dê atenção ao número de palavras por tag. Um estudo indica que aquelas com 2 a 3 palavras são as mais eficientes.

Por fim, tenha em mente que o YouTube dá atenção especial para as primeiras tags. Assim, tente fazer com que sua primeira tag seja exatamente a palavra-chave que você quer usar para atingir sua persona.

CONTEÚDOS RECOMENDADOS

👉 Checklist SEO de YouTube: como otimizar seus vídeos para rankear no YouTube

👉 Intro para canal do YouTube: como fazer e quais os melhores programas de edição

👉 Aprenda como mudar o nome do seu canal do Youtube pelo computador ou celular

Quais são os principais programas geradores de tag?

Como mencionamos ali em cima, existem programas especializados em ajudar na tarefa de pesquisar e criar tags para YouTube. Vamos citar e explicar como funcionam alguns deles.

Keyword Tool

Keyword Tool é uma das ferramentas mais utilizadas para a pesquisa de palavras-chave. Utilizando o autocompletar, ela oferece mais de 750 sugestões de keywords em poucos segundos.

Dessa forma, em vez de pesquisar manualmente termo por termo no YouTube, você pode potencializar a busca com apenas alguns cliques.

Além de tudo, é possível filtrar os resultados por países e línguas suportadas pelo YouTube, permitindo a maior segmentação e eficiência da busca. Os resultados são gerados com vírgulas já inseridas, então, seu trabalho é apenas copiar as que são relevantes e colar no espaço reservado às tags de seu vídeo.

vidIQ’S Keyword Tool

Assim como o Keyword Tool, o vidIQ’s é uma das poucas ferramentas no mercado que conta com uma funcionalidade específica para a pesquisa de tags no YouTube. Seu uso é simples: basta inserir a palavra-chave desejada e receber centenas de sugestões.

O diferencial que torna essa ferramenta tão interessante é que você recebe dados sobre cada uma das tags sugeridas. Assim, é possível descobrir o volume de buscas, a competitividade e a eficiência da tag antes de decidir utilizá-la.

YouTube Analytics

Isso mesmo! Você pode usufruir do seu próprio YouTube Analytics para decidir as tags a serem incorporadas ao seu vídeo. Isso porque a ferramenta apresenta exatamente quais palavras-chave foram utilizadas pelos usuários que chegaram ao seu vídeo.

Para acessar essa informação, vá até o YouTube Studio, clique em “estatísticas” e selecione a opção “alcance”.

Se você está realizando uma estratégia eficiente, é comum que a maioria dos termos indicados já seja conhecido e utilizado por você. Por outro lado, uma vez ou outra, você vai se deparar com termos não utilizados, o que pode ser encarado como uma excelente oportunidade de melhorar ainda mais o rankeamento de seus vídeos.

Fazer bom uso de técnicas de SEO é essencial para que o conteúdo gerado para o seu canal do YouTube ganhe relevância e alcance sua persona. O imenso tráfego diário do site, que o torna um atrativo para o marketing digital, também faz com que a disputa por visualizações seja ainda mais acirrada.

Sendo assim, as tags para YouTube são fundamentais para destacar seus vídeos e trazer sua persona até eles. É importante lembrar das boas práticas para a utilização de tags, evitando que sejam ineficientes ou até que se tornem um problema para o seu planejamento.

E aí, pronto para utilizar as tags e potencializar o alcance do seu canal? Quer mais dicas para atingir esse objetivo com maestria? Aproveite que está por aqui e confira agora o nosso post com as melhores estratégias para gerenciar um canal no YouTube!

Marketing no YouTubePowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *