Por Daniel Moraes

Redator Freelancer na Rock Content

Publicado em 25 de setembro de 2018. | Atualizado em 4 de outubro de 2019


Empreender nunca esteve tão na moda. Mas o que significa isso, afinal? Neste post, você vai entender o que é ser empreendedor, quais os principais tipos e como alcançar o sucesso nessa difícil jornada.

Entre os ideais de vida que muitas pessoas traçam para si, empreender faz parte de muitos deles. Mas o que é ser empreendedor?

Existe muita gente que entende empreendedorismo como sinal de conforto e estabilidade financeira. Outros imaginam que se trata de um senso de realizar o que parece impossível.

Seja qual for o seu ponto de vista, uma coisa deve ficar clara: empreender não é fácil. Mas os benefícios mostram por que tanta gente se esforça para alcançar esse objetivo.

Neste post, vamos te ajudar a ver o que significa empreender, quais habilidades são necessárias para fazer isso e quais tipos de empreendedor existem. Acompanhe conosco!

Afinal de contas, o que é ser empreendedor?

Para começar nossa análise com alguma base histórica, vamos pegar o ponto de vista do economista austríaco Joseph A. Schumpeter. Para ele, que escreveu o livro “Capitalismo, Socialismo e Democracia”, publicado em 1942, o empreendedor é um visionário, que vê além do senso comum e realiza essa visão.

A parte de colocar a visão em prática é fundamental para diferenciar o empreendedor do sonhador. Afinal, quantas boas ideias você já viu por aí? Ou melhor ainda, quantas ideias geniais você mesmo já teve?

Sem execução, uma ideia não passa de um pensamento aleatório. Empreendimento envolve geração de valor, o que só acontece com ações concretas.

Na maioria dos casos, as visões realizadas por empreendedores são para solucionar grandes problemas que afetam muitas pessoas. Em resultado disso, é possível ganhar muito reconhecimento, dinheiro e poder como empreendedor.

Mas o foco principal é cumprir um objetivo, esteja ele relacionado à resolução de um problema ou a uma forma de facilitar a vida de outras pessoas.

Quais os tipos de empreendedores que compõem o mercado?

O espírito empreendedor é algo único, mas há muitas direções que um empreendedor pode seguir para realizar suas visões de negócios.

Veja agora alguns dos tipos de empreendedores mais conhecidos que estão no mercado e fazem ele seguir progredindo!

1. Empreendedor social

É aquele que tem um propósito social por trás do seu projeto ou empresa. Pode ser um produto que vai tornar o mundo um lugar mais sustentável, corrigir uma injustiça que o sistema público não é capaz de resolver ou conscientizar a população de um risco coletivo iminente.

2. Empreendedor digital

O empreendedor digital constrói seu negócio 100% online. Esse tipo de negócio só se tornou possível com o surgimento desse mercado e avanços trazidos pela transformação digital.

Blogs, empresas que vendem infoprodutos e serviços feitos pela internet são alguns exemplos de projetos digitais que você vai encontrar por aí.

Esse tipo de empreendedor precisa dominar as técnicas de marketing digital como ninguém, já que esse é o ambiente natural do seu empreendimento.

3. Empreendedor individual

O empreendedor individual é uma modalidade relativamente nova de empresa que foi criada no Brasil para combater o trabalho informal.

Graças a esse modelo, também conhecido como MEI, trabalhadores autônomos, comerciantes e prestadores de todo tipo de serviços podem constituir legalmente uma empresa e expandir suas visões de negócios.

4. Cooperado

Algumas organizações abrigam diversos profissionais que trabalham numa espécie de parceria, e não exatamente como empregados.

O profissional se afilia à cooperativa e produz para ela. Ele não comanda uma operação sozinho, mas é responsável pelo trabalho que realiza. Esse é o papel do empreendedor cooperado.

5. Franqueador (e franqueado)

Muitos empreendedores têm uma visão tão forte de expansão e escalabilidade que resolvem acelerar o processo por meio de franquias.

Ou seja, abrem a oportunidade para que outros empreendedores comandem novas unidades de seus negócios e paguem uma taxa por isso. Esse empreendedor é chamado de franqueador.

Já o empreendedor que passa a cuidar de uma unidade nova do negócio é o franqueado. Em troca das taxas e da administração, ele recebe todo o suporte do franqueador para fazer o negócio dar certo em sua região.

6. Intraempreendedor

Você já ouviu falar de intraempreendedorismo? É o sentimento de empreendedorismo até quando a pessoa não comanda um empreendimento próprio. Isso mesmo, dá para empreender como empregado de alguém!

O ponto é: muitas organizações modernas perceberam que dar autonomia e capacitação aos colaboradores institui neles um sentimento de dono. Isso traz resultados muito superiores ao negócio, além de deixar o profissional mais satisfeito.

CONTEÚDOS RECOMENDADOS

👉 Empreendedorismo digital: entenda o que é e como criar um negócio digital

👉Effectuation: o que é e como aplicá-lo no seu negócio

👉 22 dicas para melhorar as habilidades de comunicação de um empreendedor

👉 10 melhores series da Netflix para empreendedores

Quais as diferenças entre empreendedor e empresário?

Você sempre achou que empresário e empreendedor eram a mesma coisa? Se a sua resposta foi sim, pode ter certeza de que não é o único.

Em muitos casos, essa associação é real, mas o fato é que nem sempre um empresário é empreendedor, e vice-versa. Vamos mostrar agora 3 diferenças básicas entre as duas atividades!

1. Foco principal

O foco principal do empresário está em manter o negócio saudável, ou seja, ganhar bastante dinheiro e manter os custos em dia. Nada de errado com isso.

Já o empreendedor também tem essa preocupação, mas seu foco principal está em realizar a visão que tem para o negócio. Isso exige capacidade de inovar, liderar pessoas e levá-las a executar essa visão ao máximo de sua capacidade.

2. Atitude para com o trabalho

O empresário nem sempre tem uma atitude positiva com relação à missão da empresa. Desde que os resultados financeiros estejam certos no fim do mês, tem muito empresário que não se importa com:

  • qualidade das relações no ambiente de trabalho;
  • moral dos colaboradores;
  • retenção e desenvolvimento de talentos.

O empreendedor, por outro lado, sabe que resultados bons não se sustentam sem engajamento dos colaboradores e uma atitude positiva para com o trabalho a ser feito.

Ele enxerga no longo prazo, e está disposto a sacrificar ganhos imediatos pelo bem do negócio, como um todo.

3. Visão do negócio

A visão do empresário é, por vezes, limitada ao que se faz no momento e a quanto isso gera de valor financeiro no fim do mês.

O empreendedor entende que tão importante quanto a receita mensal é a satisfação dos clientes, o posicionamento da marca e a qualidade do produto em si.

Por isso, ele trabalha com uma visão de águia sobre o empreendimento, e não perde a oportunidade de explorar novos horizontes quando surge a oportunidade.

Por que vale a pena ser um empreendedor?

Há, pelo menos, 3 vantagens de empreender para a sua vida, tanto pessoal quanto profissional. Elas são:

  1. Satisfação pessoal: o prazer de criar algo do zero e ajudar outras pessoas com isso dá senso de propósito e satisfação pessoal;
  2. Retorno profissional: um empreendedor de sucesso consegue bom retorno financeiro e, com isso, vivencia novas experiências a que não teria acesso;
  3. Aprendizado constante: a vida de empreendedor é uma aula sem fim, tanto pessoal quanto profissional, para lidar com os desafios do dia a dia.

Quais as características de um empreendedor de sucesso?

Empreender é um grande desafio, e é preciso muito mais do que disposição para fazer um empreendimento dar certo.

Não importa se o objetivo é resolver um problema comercial ou criar uma solução que ajude a mudar o mundo por meios sociais e ecológicos. O fato é que você precisa destas 5 características para alcançar o tão desejado sucesso!

Criatividade

Executar uma visão única, que talvez ninguém tenha realizado antes, sem dúvida é uma tarefa que exige estimular criatividade.

Você terá de pensar em cada detalhe, nos problemas que podem surgir e em como tornar a sua solução viável para o máximo número de pessoas possível usar.

Foco

Quando surge um turbilhão de ideias na mente, o empreendedor de sucesso é aquele que tem foco o suficiente para descartar a grande maioria delas e se concentrar no principal.

Isso significa até mesmo deixar de lado ideias que são boas, mas que não contribuem com o momento atual do empreendimento.

Organização

Esqueça aquela história de que alguém brilhante pode agir como um cientista maluco, que vive no meio do caos e se beneficia disso para encontrar as respostas de que precisa.

Organização é fundamental para quem deseja tirar uma ideia da cabeça e transformá-la em uma solução relevante. A boa organização ajuda a manter o foco, já citado, e a produtividade alta.

Autoconhecimento

Nem o empreendedor mais completo consegue ser bom em tudo. Além disso, quanto maior for a sua visão de negócio, mais ele vai precisar de pessoas, ferramentas (como um CRM) e estrutura para criar em cima disso.

Não por acaso, o autoconhecimento é tão importante. É isso que vai ajudar a descobrir quais as limitações do empreendedor, como melhorar e o que ele precisa delegar a outros.

Visão 

Você percebeu o quanto falamos sobre visão neste artigo? E não foi à toa. Um empreendedor de verdade precisa enxergar além do que todo mundo vê.

De outro modo, ele sempre vai investir no que todo mundo já conhece, fazer o que todos já fazem e nunca conseguirá se destacar ou resolver um problema novo. Isso não significa “reinventar a roda”, mas ter um caminho claro do que pode melhorar e como chegar lá.

Agora você já entendeu o que é ser empreendedor: como vimos, não se trata de ganhar muito dinheiro nem mesmo de ser um empresário. O empreendedorismo é muito mais uma questão de atitude.

É uma iniciativa que precisa ser desenvolvida. Por isso, trabalhe as habilidades vistas aqui e coloque sua visão em prática. É isso que fará de você um empreendedor bem-sucedido.

A propósito, já pensou em empreender sem precisar começar do zero? Fique mais um pouco conosco e veja agora 5 franquias de sucesso para investir em 2019 e algumas dicas para ser certeiro nessa escolha!

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *